Dica BH: cinco cachoeiras próximas a Belo Horizonte

By  |  2 Comments

Que tal aproveitar o feriadão para dar um mergulho em uma cachoeira? Se você é de BH nem adianta falar que está sem tempo e dinheiro para viajar, porque o que não faltam são opções bem pertinho da cidade, que dá para ir passar o dia, gastando quase nada. Preparamos uma lista com cinco cachoeiras próximas a Belo Horizonte, que ficam a menos de 100km, para tomar aquele banho e renovar as energias.


Cachoeira da Ostra, Casa Branca – Brumadinho
Localizada no distrito de Casa Branca, em Brumadinho, a pouco mais de 30 quilômetros de BH.  Para chegar a queda de 10 metros de altura é necessária uma caminhada de uma hora por uma trilha que sai do vilarejo.

cachoeiradaostra

Cachoeira do Paiolinho – Moeda
Fica a cerca de 60 quilômetros de BH, com acesso pela BR-040, no sentido Rio de Janeiro. A queda de cerca de 10 metros termina em um poço gelado e de água bem clara. A entrada é de 8 reais.

paiolinho

Cachoeira Chica Dona – Rio Acima 
A cachoeira Chica Dona fica em Rio Acima, a 40 Km de Belo Horizonte. O acesso se por Rio Acima, em uma estrada de terra de de cerca de 6 Km. Basta seguir sentido a Taberna Brasil, pela estrada da Alcan. Uma referência é o restaurante da Tia Lúcia, que é um ponto de encontro Off Road. Para os preguiçosos, dá para chegar de carro até a queda, que fica bem perto da estrada.

dona chica
Cachoeira de Santo Antônio – Morro Vermelho

A cachoeira de Santo Antônio fica no distrito de Morro Vermelho, na divisa de Sabará com Caeté, a cerca de 50 Km de BH passando por Sabará. (vale lembrar que destes, 20 são de estrada de terra). Do Distrito, que possui um bom restaurante especializado em Off Road, são mais 9 Km até a cachoeira através de estrada de terra, mal sinalizada, que chega a cerca de 1 Km da cachoeira, sendo possível descer até o poço a pé, de bike ou moto.

morrovemelho

Cachoeira do Bené – Jaboticatubas
Localizada em Jaboticatubas, a 65 Km de Belo Horizonte, é uma cachoeira espetacular, com acesso por estrada de terra ruim a partir de Jaboticatubas. O ideal é pedir informações na cidade, pois não há sinalização para o local. O veículo chega até bem próximo à cachoeira. O visual do local e a queda são maravilhosos!

bene

 

2 Comments

  1. Anna

    07/04/2015 at 1:55 am

    AMO cachoeiras! Moro em Sabará, andava muito de moto com meu irmão, fazendo trilhas e por isso conheço a Cachoeira de Santo Antônio, um lugar lindo, de água gelada, e que quase não faz sol, que faz parte de várias lendas e também de uma parte muito triste em minha vida. Esse ano fez 4 anos que perdi meu primo, ele morreu afogado nessa cachoeira, o corpo de bombeiros custou para achá-lo, pois ele estava embaixo da queda d’água quando foi encontrado e lá tem dezenas de metros de profundidade, foi um dia HORRÍVEL!!! Recomendo conhecer a cachoeira, mas tomando muito cuidado sempre e respeitando a natureza acima de tudo, com água não se brinca! Enfim, desculpa esse desabafo triste, mas precisava alertar quem quiser conhecer. Beijos ♥

  2. Ártemis Caldeira Brant

    08/04/2015 at 7:16 pm

    Oi Anna, eu também amo cacheiras!É bom para dar uma renovada na energia né? Sinto muito pelo seu primo e imaginamos a barra que foi para você e sua família. E obrigada pelo alerta, a segurança acima de tudo né? Beijinhos! 😉

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *