Validade dos produtos de beleza – você se liga nos prazos?

By  |  0 Comments

Assim como tudo na vida, os produtos de beleza também têm prazo de validade. A maioria deles traz essas datas nas embalagens, mas poucos registram a validade no próprio produto – e quem guarda as caixinhas de batons, cremes e afins? Eu não!

Para começar, por que o prazo de validade dos produtos de beleza é importante? Cosmético vencidos, sejam eles cremes, perfumes, shampoos ou maquiagem, perdem a garantia de eficácia dos ingredientes e, pior ainda, podem causar problemas como irritação da pele e alergias. O contato com o oxigênio do ar (oxidação), as variações de temperatura e a exposição à luminosidade são fatores que causam a degradação dos produtos e que se intensificam com o passar do tempo.

Portanto, atenção! Dependendo das condições de armazenamento, os cosméticos podem estragar antes mesmo do prazo de validade. Por isso, além de ficar de olho nas datas, é preciso observar a textura, aparência e cheiro de tudo o que colocamos em nossa pele e nos nossos cabelos. Via de regra, se alguma propriedade mudar, desconfie!

Se o produto venceu, tem que jogar fora imediatamente? Alguns especialistas afirmam que pode-se extender a utilização por até 15 dias (uma espécie de margem de segurança da indústria), mas esse prazo vai depender de como foi o uso e o armazenamento. Não exagere nos dias a mais e observe bem as condições em que o cosmético se encontra.

Quais produtos merecem mais atenção?

Os maiores riscos se encontram nos protetores solares (que perdem o fator de proteção e deixam passar os raios nocivos), nos hidratantes (que, por conterem óleos e manteigas vegetais – altamente perecíveis -, se degradam com facilidade), nos perfumes e nos cremes contendo alfa-hidroxiácidos (que podem ser muito irritantes para a cútis). Alisantes e cremes depilatórios apresentam o maior perigo, podendo machucar – e muito – a pele e o couro cabeludo.

Entre os sinais de que o produto desandou estão irritação, vasos dilatados, epiderme avermelhada e com bolinhas, coceira, descamação, sensação de ardência e, nos casos mais graves, até mesmo dor. Se o produto for utilizado próximo aos olhos, como rímel, sombra, delineador e cremes específicos para a área, a reação adversa pode ser ainda mais intensa.

E a maquiagem?

Por não conterem água em sua formulação, batons, sombras, blushs e outros produtos de maquiagem demoram mais a estragar e podem parecer novinhos em folha mesmo depois de expirar. Mas não se engane: os fabricantes levam esse fator em conta na hora de calcular a validade e o que diz na embalagem deve ser respeitado.

Cuidado especial também com batons, já que os lábios são uma área mais fina e delicada, muito sujeita à agressões.

Nacional x Internacional

No Brasil, o prazo de validade não depende da abertura do produto, ou seja, vale a data da embalagem, mesmo se o produto permanecer fechado. Já na Europa e nos Estados Unidos, há dois prazos: o da embalagem e o após a abertura, mostrado por símbolos como esse:

Icon Finder

Dica de Ouro

Para não ultrapassar o prazo, cole uma etiqueta com a data de validade e a data de abertura em todos os produtos e não se esqueça de checar antes de usar! 

Já abriu tudo e jogou todas as caixas fora? Então não deixe de ler o post de amanhã! Vamos falar do prazo médio de validade de cada produto e de como saber qual a hora de jogar cada coisa fora. Até lá!

 

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *